Segurança: 10 cuidados necessários para viajar com crianças

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por Carlos Meira

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

A viagem é um momento de alegria para muita gente, em especial, para as crianças. É uma oportunidade de conhecer novos lugares e novas culturas. Entretanto, é importante se atentar para evitar que um momento de alegria se torne uma grande dor de cabeça.

Ademais, com as crianças é preciso redobrar as atenções, pois há especificidades para os pequenos. Inclusive, alguns lugares como caixa de passagem são um alerta para os pequenos. Quem já não viu um bebê tentando pôr as mãos em tomadas de energia?

Pensando em como eles são muito agitados e não gostam de ficar quietos, é preciso criar formas de fazer com que mantenham o controle para evitar paradas, seja em uma viagem de carro, ônibus ou, até mesmo avião.

Inclusive, caso esteja pensando em viajar de carro, é muito importante ver a cotação de seguro, principalmente para que você saiba qual é o melhor para usar na viagem

Porém, se for viajar de avião, não deixe para última hora a verificação de documentos. Veja se o passaporte está em ordem, assim como outros documentos, principalmente para evitar problemas no check-in, pois isso pode atrapalhar todo o passeio.

Pois bem, pensando em te ajudar a lembrar de todos os detalhes, separamos 10 dicas que podem ajudar a se preparar para qualquer viagem!

1 – Planejamento

Confira como é o trajeto até o local onde você deseja visitar. Se há muitas paradas, se é muito longe, se tem pontos para descanso ou para comer. Além disso, observe o tempo que dura o deslocamento. 

Assim dá para informar a criança e acalmá-la, pois muitas não gostam de ficar paradas por muito tempo. Durante o percurso aproveite para fazer brincadeiras que ela possa se distrair com a paisagem e possa ter um contato maior com a natureza.

Esse roteiro também fará com que você planeje gastos com gasolina e pedágio. Além disso, faça uma verificação do seu carro para que não haja transtornos como problema no óleo, pneu careca e estourado, ou, até mesmo, no motor. 

Isso pode causar atrasos na viagem, e se você não tiver seguro vai ter que esperar por muito tempo um auxílio ou ter que buscar um borracheiro, que, às vezes, pode não ser de confiança e prejudicar o seu veículo. 

Inclusive, uma outra boa dica é criar um sistema de alarme, principalmente para que ele avise se surgir algum problema no veículo.

2 – Conversa

Avise o seu filho ou parente que esse é um momento de relaxamento e diversão, que precisa ser aproveitado. 

Mesmo com a grande distância e o longo período em um carro, o que não é confortável, a criança precisa entender que o benefício virá com a descoberta de um novo local onde ela pode brincar e conhecer coisas novas. 

Sair de seu ambiente e ir para outro lugar sempre é positivo. E isso pode servir para que a criança possa se enturmar com gente nova, ou seja, isso pode facilitar o processo de socialização.

3 – Primeiros socorros

Mantenha preparado um kit para caso ocorra algum acidente ou problema de última hora. Caso a criança se corte, tenha dor de cabeça ou sofra com algum problema, você já estará preparado e assim evitará paradas e atrasos na viagem. 

Leve remédios que não estejam vencidos e esparadrapos que sejam de rápido manuseio. Não é necessário levar muita coisa, mas o suficiente para evitar dissabores e que o momento da viagem se torne um grande problema. 

Ademais, faça uma analise de risco e veja se a criança tem alguma doença que precisa de cuidados durante o percurso.

4 – Nunca deixe uma criança só

Em nenhuma hipótese deixe a criança sozinha ou longe de sua vista. Isso porque a possibilidade dela se perder é enorme, e aí até para achá-la é um grande problema, ainda mais em um lugar que você não conhece e não tem familiaridade. 

Também é preciso cuidado porque não se sabe qual é a procedência das pessoas e quando uma mal intencionada que encontrá-la pode causar algum transtorno. E ainda informe que ela não pode dar muitos detalhes para desconhecidos e nem aceitar produtos de quem não conhece.

Se estiver em uma chácara ou local com piscina, também existe o possível risco dela cair e se afogar ou de se perder no meio da mata, o que é ainda pior. Por isso, adote bordas para piscina, isso evita quedas. 

5 – Cinto de segurança

É importante o uso de cinto de segurança. Não só pela possibilidade de obter uma multa caso seja pego sem usar, mas, também, para evitar acidentes. 

Inclusive, em muitos acidentes, as pessoas poderiam ter sido salvas ou terem sofrido menos problemas caso tivessem usado o cinto.

Inclusive, qualquer batida, mesmo que leve, pode causar transtornos como dores nas costas ou fazer com que a criança bata a cabeça, o que em menores, pode ter consequências horríveis, pois causar choque na cabeça pode trazer um sério dano.

Não é algo confortável para criança, mas convença de que é necessário. Em caso de bebês, faça o uso da cadeirinha e adapte ao seu carro. Zele pela segurança da criança e não se descuide.

6 – Cuidado com objeto livre

Não deixe objetos livres em carros. Caso o veículo sofra uma batida mesmo que leve, ele pode voar e atingir o rosto da criança, bem como causar um corte ou dano. Deixe preso coisas que podem saltar no ar e atingir o olho ou qualquer parte do corpo. 

Por isso, opte por brincar com bichos de pelúcia ou objetos leves, e depois da brincadeira guarde bem e deixe mochilas no chão ou no porta-mala do carro. Ainda não ponha o pé no painel, pois em qualquer batida você pode se machucar com gravidade.

7 – Alimentação

Esse é um fator importante para a viagem. Em longas distâncias, a criança sempre sente fome, e isso pode causar irritações e problemas. Por isso, mantenha um lanche ou alguma comida perto para que ela possa consumir. 

Cuidado com o consumo de água ou de líquidos, pois isso pode fazer com que a criança tenha vontade de fazer as suas necessidades, e na estrada não há locais propícios para isso. Mas se houver alguma urgência, esteja preparado e leve papel higiênico.

Se possível, planeje paradas em restaurantes para que todos, além de comer, possam descansar, esticar as pernas e alongar o corpo. O descanso também é importante para que o motorista mantenha a atenção na estrada, o que ajuda a evitar acidentes.

8 – Brinquedo

Faça com que a sua criança se divirta e se distraia. Leve brinquedos para que ela possa brincar e soltar a energia, mesmo em um ambiente apertado como o do carro. E assim criar chances de o pequeno liberar a criatividade e criar histórias. 

Também leia um livro com histórias, peça opinião, pergunte se o caso ocorrido fosse com ela, o que faria. Cante músicas de viagem e faça com que esse momento seja especial e de uma união que não é possível com a rotina.

É a chance de sair do celular e de fazer com que você conheça mais a criança e crie uma relação mais próxima. A viagem tem esse benefício de proporcionar um maior autoconhecimento, isso pode ser um diferencial na formação da criança para sua vida.

9 – Celular

Não deixe sua criança sem o celular. Deixe ele carregado e a disposição do pequeno para que possa atender em caso de urgência com ligação com uma mensagem. 

O celular ajuda a saber onde ela está, em caso de se perder por algum motivo. Assim, com o GPS com uso da telefonia IP, é possível resolver a situação. 

Inclusive, oriente a criança para que ela não use muito para não gastar bateria. E também deixe a internet móvel ligada para que a comunicação seja mais rápida.

10 – Roupas

Opte por roupas confortáveis, pois em viagens longas é complicado ficar com uma vestimenta que não dê conforto. Prefira usar calças mais folgadas, shorts e camisetas. Atente-se também a temperatura e use roupas adequadas para como o tempo estiver. 

Com essa informação, você pode não sofrer com surpresas e deixar de levar uma blusa ou calça em caso de frio.

Também não se esqueça de levar protetor solar para proteger a criança, principalmente para que ela não volte com marcas vermelhas. E também um controle de insetos se for em lugar de mata e com calor.

Ciente de todas essas informações, planeje com antecedência o que você precisa fazer para que esse momento seja de alegria e união para sua família. 

Hoje é difícil fazer com que se saia de casa devido aos inúmeros compromissos, então, em uma viagem é a chance de relaxar e proporcionar alegria não só para você como para seus filhos ou conhecidos. 

Se for em um condomínio, contate a segurança para condomínios para ter informações sobre o que é proibido.

Dica extra: não se esqueça dos documentos

Para finalizar as dicas, lembre-se de conferir sempre os documentos importantes que as crianças precisam ter para viajar, por exemplo:

  • RG;
  • Certidão de nascimento;
  • Passaporte em caso de viagens internacionais;
  • Cartão de vacina em caso de viagem a lugares que exigem imunização.

Leia com calma esse texto, releia se necessário, e aja para que suas férias sejam as melhores possíveis. E cuide sempre das crianças, em todos os momentos, antes, durante e após a viagem.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


2 Comentários

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.