Saiba como conseguir empréstimos com juros menores

Tempo de leitura: 3 min

em novembro 24, 2023

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.
Saiba como conseguir empréstimos com juros menores

Essas modalidades trazem mais segurança e reduzem os custos da operação

Buscar empréstimos com taxas de juros mais baixas é uma preocupação frequente para quem necessita de capital financeiro. Modalidades como o crédito consignado e a antecipação do saque-aniversário do FGTS são alguns exemplos de crédito mais barato, mas existem outras opções disponíveis.

O fato é que os juros são um componente crucial no custo total do empréstimo. Modalidades como o cheque especial, por exemplo, têm juros que podem superar os 400% ao ano. Apelar para essa modalidade e atrasar o pagamento das parcelas é a causa da ruína financeira de várias famílias.

Dessa forma, ter acesso a taxas menores pode fazer uma grande diferença no orçamento e na viabilidade financeira a longo prazo. Existem estratégias e práticas que podem ajudar a obter empréstimos com juros mais baixos. Hoje, vamos conhecer rapidamente cinco delas.

Comparar opções de empréstimos

Realizar uma pesquisa abrangente e comparar as opções de empréstimo disponíveis no mercado é essencial. Diferentes instituições financeiras oferecem taxas de juros e condições variadas. 

Ao comparar, é possível identificar aquela oferta que melhor se adequa às suas necessidades e que oferece taxas mais vantajosas. Se você encontrar a melhor instituição e souber negociar, pode conseguir taxas ainda melhores.

Antecipação de parcelas

Os juros podem ser um grande inimigo das finanças, mas também podem ficar do seu lado. Isso vale também para os empréstimos, nos quais você pode reduzir a taxa de juros através da antecipação do pagamento de parcelas.

Antecipar parcelas ou realizar pagamentos adiantados pode reduzir o valor total de juros que serão pagos ao longo do tempo. Por exemplo, se você recebeu um dinheiro extra, pode antecipar o pagamento das parcelas que estão para vencer nos três meses seguintes. Ao fazer isso, o sistema recalcula a dívida e desconta os juros que incidiriam nesse período, o que gera um desconto no pagamento.

Essa prática não apenas diminui o custo do empréstimo, mas também demonstra responsabilidade financeira, o que pode ser percebido positivamente pelos credores.

Refinanciamento

Em certas situações, o refinanciamento de empréstimos pode ser uma estratégia viável para obter taxas de juros mais baixas. Consiste em pagar um empréstimo existente com outras condições mais projetadas, especialmente se houver uma melhoria no histórico de crédito desde a concessão do empréstimo inicial.

O refinanciamento é uma boa estratégia caso você tenha um histórico de bom pagador e precise de mais dinheiro. O relacionamento com o banco pode ser utilizado como trunfo para conseguir juros menores.

No entanto, é preciso tomar cuidado para não transformar o refinanciamento em uma bola de neve de endividamento. Utilize-o com sabedoria e apenas se for realmente necessário.

Garantias

Oferecer garantias ou ter um co-signatário (avalista) pode ajudar a reduzir as taxas de juros. Não é à toa que as modalidades de crédito mais caras do Brasil, como o cheque especial e o cartão, não exigem garantias. Isso torna o risco de perdas com a inadimplência maior, o que aumenta os custos.

Por outro lado, se o empréstimo possui alguma garantia, como um bem ou um investimento, o banco pode tomar a garantia em caso de falta de pagamento. Isso fornece segurança adicional aos credores, o que pode resultar em taxas mais baixas. 

Da mesma forma, um co-signatário com bom histórico de crédito pode melhorar as condições do empréstimo.

Histórico de crédito

Nem todo mundo que procura um empréstimo faz isso para quitar dívidas: muitos querem realizar um sonho ou investir num negócio próprio. Nesses casos, ter um histórico de bom pagador é útil na hora de conseguir juros menores.

Isso é medido pelas notas de crédito de empresas como o Serasa, que ajudam o cidadão a conseguir juros mais baixos. Mantenha uma boa pontuação de crédito mostrando aos credores que você é um tomador de empréstimo confiável, o que pode resultar em taxas de juros mais eficientes. Pagar contas em dia, evitar atrasos e manter um baixo índice de utilização do crédito são práticas importantes para um bom histórico de crédito.

100% livre de spam.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.