Quais são os principais hormônios sexuais femininos?

Tempo de leitura: 4 min

Escrito por admin

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

Saiba como os hormônios sexuais femininos influenciam a saúde da sua pele

Todos nós já estamos cansados de saber que muitos problemas de pele acontecem por causa de maus hábitos para o corpo, como a falta de hidratação diária, uma alimentação desregulada e até mesmo a falta de exercícios físicos.

No entanto, muitas pessoas podem levar uma vida saudável e ainda ter problemas de pele. Quando isso acontece, é porque existe outro fator que influencia a saúde da pele: os hormônios sexuais.

Quando os hormônios mudam, como durante os ciclos menstruais, gravidez e menopausa, é comum que as mulheres percebam alterações na pele. Nesses momentos, é necessário consultar um dermatologista que poderá prescrever um medicamento para ser usado em conjunto com seus cosméticos diários.

Mas é sempre importante entender melhor como os hormônios influenciam a nossa pele, quais são os que mais a afetam e como cada fase da nossa vida pode ser afetada por essas substâncias. Você encontrará tudo isso e muito mais neste artigo!

Quais são os principais hormônios sexuais femininos?
Quais são os principais hormônios sexuais femininos?

Quais hormônios afetam a saúde da pele?

Antes de entender como os hormônios sexuais femininos afetam a pele, você precisa saber mais sobre o que são.

Os hormônios sexuais são os responsáveis por fazer o sistema reprodutivo funcionar corretamente. É por causa deles que a mulher tem seu ciclo menstrual, consegue engravidar e experimenta o desejo de fazer sexo.

Para manter tudo funcionando, existem três hormônios principais que atuam no corpo da mulher: andrógenos, progesterona e estrogênio.

Andrógenos
Os andrógenos são um grupo de hormônios sexuais, dos quais o mais conhecido é a testosterona. Apesar de serem considerados hormônios masculinos, também são encontrados em mulheres, e desempenham um papel importante não só na saúde sexual, mas no metabolismo e na composição corporal.

Eles são produzidos nos ovários e nas glândulas adenóides a partir da transformação do colesterol. Quando as mulheres têm um alto nível de andrógenos em seu corpo, é comum que elas tenham mais cabelos, espinhas, períodos menstruais irregulares ou inexistentes em alguns meses e infertilidade.

Progesterona
A progesterona é um hormônio sexual que está envolvido no processo de gravidez e, por isso, também afeta o desenvolvimento sexual durante a puberdade.

É produzido a partir do colesterol e geralmente é desenvolvido nos ovários, nas glândulas supra-renais acima dos rins e pela placenta quando a mulher está grávida.

Esse hormônio pode atingir e influenciar o funcionamento do útero, vagina, colo do útero, mamas, cérebro, vasos sanguíneos e ossos.

Estrogênio
O estrogênio é um hormônio sexual fortemente ligado ao ciclo menstrual e ao desenvolvimento de características sexuais secundárias, como seios e pelos pubianos. No entanto, também pode influenciar nossa capacidade cognitiva, cardíaca e vascular e a saúde dos ossos, pele e cabelo.

As mulheres têm quatro tipos de estrogênio em seus corpos: estrona, estradiol, estriol e estrol. Todos atuam em diferentes níveis e estágios, porém, o que está mais presente nas mulheres é o estradiol, que é produzido nos ovários.

Como os hormônios afetam a pele?
Cada um dos três hormônios mencionados acima pode afetar a saúde da pele de maneiras diferentes. Alguns deles ajudam a influenciar a produção de óleo no rosto, enquanto outros podem alterar a viscosidade da pele. Você pode descobrir mais sobre tudo isso com mais detalhes abaixo.

Andrógenos : esses hormônios sexuais são os principais responsáveis pelo aumento da produção de óleo facial e pelo aparecimento de espinhas. Isso acontece porque afetam as glândulas sebáceas e fazem com que a quantidade de sebo produzida seja maior durante a puberdade.

Progesterona : um alto nível desse hormônio no corpo pode afetar a pele, deixando-a com um leve inchaço que faz com que os poros se fechem. Essa ação, combinada com a ação dos andrógenos em níveis elevados, pode levar ao nascimento de mais espinhas.

Estrogênio : o estrogênio está mais relacionado ao aumento da produção de colágeno. Quando as mulheres têm um alto nível desse hormônio, elas podem sentir que sua pele está mais hidratada. Quando está baixo, é comum que as mulheres sintam a pele mais sensível, o que geralmente ocorre em torno da menstruação.

Cada um dos hormônios pode ter sua produção aumentada ou diminuída com base na fase em que a mulher se encontra.

Durante o ciclo menstrual, é comum que as mulheres percebam que sua pele está mais oleosa e com espinhas. Durante a gravidez, o cenário pode mudar e os hormônios podem causar mais manchas na pele. Durante a menopausa, a pele pode ficar mais seca e propensa a espinhas.

Mas isso não é uma regra. A forma como os hormônios influenciam a pele em cada fase pode depender do organismo da mulher, das condições do ambiente em que vive e dos cuidados que tem com seu corpo.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


Seja o primeiro a comentar!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.