Próstata aumentada: Sintomas e tratamento

Tempo de leitura: 3 min

Escrito por mpcoutinho

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

A próstata aumentada é um problema comum que atinge homens acima dos 50 anos de idade.

Na maior parte dos casos, a próstata aumentada é provocada pela hiperplasia da próstata, uma condição benigna, causando apenas o aumento da próstata, mas é preciso realizar exames para ter o acompanhamento necessário e um diagnóstico mais preciso.

O que é próstata?

A próstata é uma glândula presente apenas no sexo masculino e localizada abaixo da bexiga, antes do início do pênis e à frente do reto. 

A uretra é o canal que leva a urina da bexiga para a saída do pênis, e passa por dentro da próstata, como se fosse um túnel.

Afinal, o que é próstata aumentada?

A hiperplasia benigna de próstata, HBP, é uma condição conhecida pelo aumento da próstata. 

Esse órgão é responsável por produzir o fluido que, juntamente com os espermatozóides,formam o sêmen.

O aumento da próstata ocorre em quase todos os homens, dependendo da idade.

Conforme vão envelhecendo, é um problema bastante comum após os 50 anos de idade. 

A glândula cresce, e pressiona a uretra, causando dificuldades ao urinar.

Um dos casos aconteceu na empresa Cyto Saúde foi uma próstata aumentada, que trabalha com a venda Misoprostol original.

Quais são os sintomas da próstata aumentada?

Os sintomas mais comuns de próstata aumentada são:

  • Dificuldade para urinar;
  • Jato fraco de urina;
  • Vontade frequente de ir ao banheiro;
  • Constante sensação de bexiga cheia;
  • Ardência ao urinar;
  • Sangramento na urina;
  • Necessidade de força para urinar.

Isso acontece por causa da pressão que a próstata faz sobre a uretra, que é o canal por onde a urina passa.

Por isso, a importância de fazer um acompanhamento médico, pois esses sintomas também podem indicar outros problemas na próstata, como prostatite.

Procure um urologista para fazer os exames específicos, como ultrassom, exame de PSA e urofluxometria, que é o exame para analisar o jato de urina, e assim conceder um diagnóstico mais preciso.

Como é feito o tratamento da próstata aumentada?

A escolha do tratamento vai depender da gravidade dos sintomas, do tamanho do impacto na saúde e em sua vida diária e também se há outra eventual doença. 

As opções de tratamento incluem mudanças no estilo de vida, medicação e, se caso for necessário, uma cirurgia.

Caso o paciente tenha sintomas leves, a hiperplasia prostática pode ser tratada apenas com medicamentos.

Esses medicamentos vão promover o relaxamento da pressão da próstata sob a uretra, fazendo com que a próstata não faça tanta pressão sob a uretra, facilitando assim a passagem da urina.

Desse modo, o paciente volta a ter um fluxo urinário melhor, esvaziando totalmente a bexiga.

Porém, caso o paciente apresente um quadro avançado de hiperplasia, ou o tratamento à base de medicamentos não foi eficaz o bastante, a cirurgia será o mais indicado para esse caso.

Os quadros mais graves, apresentam quando há uma retenção da urina e a bexiga está muito prejudiada, devido grandes esforços para conseguir esvaziar a bexiga.

O tratamento para próstata aumentada varia de acordo com a causa e a gravidade do problema. 

Pode ser feito da seguinte forma:

  • Hiperplasia benigna da próstata

Nestes casos, o médico irá começar o tratamento com o uso de medicamentos, como os alfa-bloqueadores ou inibidores da 5 alfa redutase, para diminuir o tamanho da próstata e conseguir aliviar os sintomas. 

Nos casos mais graves, será necessário realizar a cirurgia para retirar a parte central da próstata. 

  • Prostatite 

Em alguns casos, a inflamação da próstata é causada por uma infecção bacteriana e o problema pode ser solucionado com antibióticos. 

Alguns medicamentos naturais podem ser utilizados para complementar o tratamento com o uso dos antibióticos.

  • Câncer de próstata

Na maioria dos casos, o tratamento é quase sempre solucionado com cirurgia para retirar completamente a próstata e, dependendo do grau e do desenvolvimento do câncer, pode ser necessário fazer quimioterapia, hormonioterapia ou radioterapia.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


Seja o primeiro a comentar!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.