O que é gestão de ativos de TI?

Tempo de leitura: 4 min

Escrito por admin

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

O que é gestão de ativos de TI? Como funciona esse tipo de gerenciamento de tecnologia da informação? Quais são os tipos existentes de ativos de TI e como podemos classifica-los? De que forma uma empresa pode se beneficiar desses ativos em seu cotidiano em geral?

O setor de tecnologia da informação é muito vasto em soluções em  TI, o que significa que várias denominações diferentes existem, cada uma com sua responsabilidade e complexidade. Por exemplo, gerenciamento de serviços de TI (ITSM em inglês e GSTI em português) não é a mesma coisa que a gestão de ativos de TI (ITAM em inglês).

Dessa forma, é de suma importância que compreendamos o papel de cada uma dessas funcionalidades que a tecnologia da informação pode nos proporcionar. No conteúdo de hoje, vamos explicar em detalhes o que é gestão de ativos de TI. Leia conosco e aprenda, vamos lá!

O que é a gestão de ativos de TI?

Afinal, o que é gestão de ativos de TI? Podemos classificar a gestão de ativos de TI como uma parte inferior da Asset Management (AM), que possui maior foco na área de organização e também do gerenciamento de todos os ciclos de vida, além dos custos gastos com a infraestrutura de TI e de todos os equipamento utilizados.

Quais são os tipos de gerenciamento de ativos de TI?

De forma branda, podemos enquadrar todos os ativos de TI em alguma dessas categorias abaixo mencionadas:

  • Físico;
  • Software;
  • Hardware;
  • Móvel

Uma boa projeção do gerenciamento de ativos de TI busca garantir um suporte que seja sempre contínuo, e que a implantação desses ativos tenha sucesso. Além dessas categorias que mencionamos acima, podemos categorizar o gerenciamento de ativos de TI de três formas diferentes, confira

  • Software: é o primeiro tipo e consideravelmente mais elaborado do que os que sucederão. Acaba por envolver assuntos mais delicados, como, licenciamento, shadow, IT conformidade e IoT. Deve haver um monitoramento constante que dê conta de todas as demandas necessárias, além de estar sempre apto as mudanças de mercado que são inevitáveis e constantes;
  • Hardware: passamos então para a parte física, onde o hardware impõe sua importância gigantesca para todo o sistema de TI. Aqui, estamos falando de coisas físicas, como notebook, smartphones, computadores e até mesmo as impressoras. São todos e quaisquer hardwares físicos que serão utilizados dentro da empresa para o gerenciamento de dados e ativos;
  • Nuvem: por fim, temos a nuvem, comumente chamada de “Cloud”, que é seu nome em inglês. Serviços como Software como Serviço (SaaS), Infraestrutura como Serviço (IaaS) e Plataforma como Serviço (PaaS) fazem parte do ITAM.

Gerenciamento de recursos em nuvem

SaaS

O que é o SaaS? Bem, esse serviço, o Software as a Service fica responsável por cuidar da integração, da aquisição e de quaisquer mudanças que sejam realizadas em relação a aplicativos usados por uma corporação.

IaaS

Aqui, partimos para uma área bem maior, mais brande. Estamos falando de infraestrutura em nuvem, geralmente hospedada e localizada e um data center, esse que pode ser próximo ou distante da empresa, de forma remota. Ficar responsável por gerenciar ativos de IaaS consiste em cuidar do processamento e armazenamento de dados do data center em questão.

PaaS

Por fim, temos a PaaS, Platform as a Service. Novamente estamos falando de um serviço voltado para aplicativos, mas agora visando o desenvolvimento e implantação na prática de qualquer aplicativo, independentemente de seu tamanho. Nesse gerenciamento, estamos falando da aquisição de possíveis recursos, rastreio de uso visando orçamento ou então algum tipo de contrato de uso.

Benefícios do gerenciamento de ativos de TI

Fornece uma única fonte de dados

Um dos principais benefícios do gerenciamento de ativos de TI é a criação de um pedido com uma única fonte de dados. Apesar disso, todo o gerenciamento pode ser rastreado em diferentes locais, o que significa que não há nenhum tipo de pessoa ou ferramenta que consiga de alguma forma centralizar todas as informações ali contidas. Dessa forma, uma maior segurança é garantida em relação aos dados de uma empresa.

Melhore o uso, reduza o risco e elimine o desperdício

Um melhor e maior gerenciamento de ativos de TI permite que as equipes de gestão possam atualizar constantemente os dados obtidos, eliminando o que não se é necessário e aumentando a utilização das nuvens com base em novos dados.

Reduz custos através de revisão constante

Com uma revisão que seja constante e certeira, é possível ter uma redução de custos, com base na revisão de licenças que não são mais utilizadas e, portanto, estão ali somente para retirar dinheiro de sua empresa. Além disso, é possível atuar em todos os recursos com um bom gerenciamento de ativos de TI, dessa forma, é possível economizar um valor considerável. Esperamos ter ajudado você a entender o que é gerenciamento de ativos de TI. Até a próxima!

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


Seja o primeiro a comentar!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.