Gastos: 10 Dicas para Evitar Compras por Impulso

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por mpcoutinho

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

Fazer compras pode ser uma atividade muito prazerosa, mas é preciso ter cuidado com alguns pontos importantes para a declaração de bens ganho de capital. Isso porque as compras por impulso são extremamente comuns, e isso gera uma série de problemas.

Uma compra por impulso é aquela realizada no calor do momento, sem que haja uma preocupação com o valor da compra e com a necessidade de comprar o item. Esse tipo de ação normalmente acaba fazendo com que o comprador gaste acima de seu orçamento.

Os brasileiros têm uma taxa muito alta de endividamento, em grande parte por conta da impulsividade na hora de comprar, junto com a falta de controle financeiro,  o que torna muito complicado a estrutura de pessoas e até famílias inteiras relacionadas a dinheiro.

A pessoa com o costume de fazer compras por impulso não se preocupa com contas e despesas mensais na hora que está consumindo, o que coloca em risco sua estrutura financeira pessoal e familiar, deixando de completar metas e até mesmo de pagar contas básicas, o que muitas vezes pode ajudar com os serviços contábeis.

Por isso, é importante que estas pessoas entendam o problema para ter a cabeça no lugar na hora de fazer compras, independente de que tipo de compra estejam falando. Dessa maneira, é mais fácil lidar com esse tipo de recurso.

Além disso, itens comprados por impulso muitas vezes não são necessários, uma vez que a compra é realizada de maneira emocional e não racional. Por isso, eventualmente, o produto será descartado e não voltará para o consumidor.

O valor que você economiza evitando compras de impulso pode ser aplicado de diversas maneiras, como por exemplo:

  • Projetos;
  • Aplicações Financeiras;
  • Metas e Objetivos;
  • Melhorias na casa.

Por isso, é importante que uma pessoa consiga evitar as ações por impulso para trabalhar com mais efetividade, garantindo até mesmo uma aposentadoria melhor se investido em uma previdência privada e ser auxiliada por uma consultoria em redução de custos.

Evitando compras por impulso

Agora que você entende a importância de evitar as compras por impulso, é preciso pensar em maneiras de deixar de lado este hábito financeiro negativo e melhorar sua saúde financeira.

Entretanto, é preciso pensar que cada pessoa tem suas próprias rotinas e padrões, e nem sempre as dicas apresentadas terão o mesmo resultado, mesmo em pessoas que estejam na mesma faixa salarial.

Adaptar as dicas de compras para sua necessidade ajuda a criar uma estrutura de compras muito mais centrada, sem correr riscos de extrapolar seu orçamento de assessoria de contabilidade ou ainda de se endividar com itens desnecessários.

  1. Necessidades em primeiro lugar

Conhecer suas principais necessidades é muito importante para evitar problemas financeiros. As compras por impulso podem desviar esse tipo de ação e acabar prejudicando suas finanças.

Por isso, um dos primeiros passos para ter uma saúde financeira mais adequada é conseguir identificar suas principais necessidades e determinar quais são os gastos essenciais que você precisa lidar.

Itens como aluguel, contas de luz, água e telefonia, alimentação, saúde e transporte são alguns dos principais itens que devem ser colocados no cálculo. Estes itens acontecem mensalmente, e é preciso ter dinheiro o suficiente para todos eles.

Para ajudar você, é possível contar com uma consultoria fiscal que lida com taxas.

Além disso, é importante separar um pouco de seu orçamento para itens que você gosta ou para lazer, uma vez que estas atividades ainda são necessárias para o bem-estar e a qualidade de vida.

Porém, é preciso tomar cuidado com o exagero e evitar gastos com estes itens que prejudiquem de alguma forma o pagamento integral de suas despesas essenciais, o que pode gerar problemas muito maiores no futuro.

  1. Pesquise suas compras

O Brasil é um país com economia flutuante, o que faz com que os preços subam e desçam com mais frequência. Portanto, quando você tem algum item que deseja, mas que não se enquadra nas despesas essenciais, você pode esperar um pouco antes de comprar.

Além da variação tradicional de valores do mercado nacional, você pode também esperar algumas datas especiais nas quais as empresas fazem promoções de contabilidade e consultoria e descontos que tornam o produto muito mais acessível a qualquer bolso.

  1. Evite compras por emoção

As compras por impulso estão diretamente ligadas ao emocional do comprador. Muitas pessoas utilizam as compras como um mecanismo de escape para dias estressantes ou particularmente difíceis.

Nestes momentos de vulnerabilidade, você estará muito mais propenso a gastar além de seu orçamento para ter um item que traga o conforto que você procura.

Diante disso, é preciso ter em mente que esse tipo de compra pode se tornar um gatilho para ficar ainda pior quando a conta começar a chegar.

  1. Compre à vista

O parcelamento de faturas e de compras pode parecer uma excelente opção para quem está com pouco dinheiro no momento, mas a não ser que você esteja comprando um item de necessidade, é possível esperar um pouco mais.

De preferência para pagamentos à vista, uma vez que eles não deixam a conta prosseguir depois da aquisição e eliminam a necessidade de pagar juros para a loja ou para o cartão de crédito que você está comprando um software de gestão financeira.

Se o valor do produto for muito elevado, você pode criar uma poupança e ir depositando lá até atingir o valor do produto, comprando assim sem se endividar no processo.

  1. Gastos pequenos

Durante o dia a dia, você tem uma série de pequenos gastos que muitas vezes não são associados às compras por impulso. Entretanto, no fim do mês estes gastos podem ser muito grandes.

Um café, um almoço no restaurante por quilo e muitas outras ações, quando feitas diariamente, acabam gerando problemas quando calculadas de forma mensal, por isso é importante entender sua necessidade nesse tipo de ação.

  1. Efeito manada

O efeito manada é um dos elementos de compra por impulso que acaba afetando muitas pessoas. Trata-se do consumo de um determinado item ou produto, como equipamentos de solda e corte para que a pessoa se sinta parte de um grupo.

Normalmente, esse tipo de ação tem ligação direta com algum nicho de ação, como fãs de um determinado estilo musical ou hobby. Neste caso, a pessoa compra unicamente porque todos os seus amigos estão comprando, e ela não quer ser deixada de fora.

  1. Investimento

Uma excelente maneira para lidar com as compras por impulso é investir seu dinheiro. Existem alguns investimentos que têm retirada imediata, mas para controlar melhor seu dinheiro, o ideal é o investimento que retém.

Com esse tipo de ação, você consegue economizar dinheiro e tira um valor que seria gasto por impulso para conseguir realizar metas e objetivos a longo prazo quando esse tipo de ação acaba se utilizando.

  1. Atenção ao cartão de crédito

Antes de fazer novas compras, é importante que você avalie com calma a fatura de seu cartão de crédito e identifique todo o consumo por impulso no período anterior. Assim, você consegue evitar uma série de problemas com gastos a longo prazo.

Avalie item por item identificando sua necessidade ou vantagem que o produto trouxe para você. Isso ajuda a identificar o que foi comprado por emoção e pode te ajudar a evitar esse tipo de atividade.

  1. Orçamento de compras

Para garantir que você poderá fazer suas compras sem estourar o valor para as despesas essenciais, você pode criar um orçamento de compras sobressalentes dentro do orçamento total.

Dessa forma, você consegue controlar melhor seus gastos, e mesmo que surja uma oportunidade que você considere atraente, se ela extrapolar este orçamento você não comprará por impulso.

Por conta disso, é fundamental que você saiba aplicar esse tipo de recurso com qualidade, criando formas de manter sob controle esse valor para conseguir ter uma rotina de gastos mais efetiva.

  1. Entenda seu sentimento

As compras por impulso podem trazer uma euforia imediata, mas normalmente elas expressam um sentimento de culpa, que identifica o gasto de suas ações de forma mais efetiva.

Quando você entende suas emoções, pode trabalhar de maneira mais adequada com suas compras, evitando uma série de problemas a longo prazo.

Considerações finais

As compras por impulso acabam sendo um grande problema a longo prazo, e por isso é importante que você consiga identificar esse tipo de ação para trabalhar com mais qualidade e otimizar suas ações.

Dessa forma, você consegue uma estrutura mais adequada de orçamento mensal, garantindo que suas despesas serão trabalhadas com qualidade e possibilitando uma saúde financeira muito mais efetiva.

Isso ajuda a conquistar uma série de benefícios para seu orçamento, com uma estrutura de qualidade para aproveitar melhor seus gastos e até mesmo fazer suas compras, mas com racionalidade e pensando com antecedência antes de fechar um negócio.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


Seja o primeiro a comentar!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.