5 dicas para fazer exercícios dentro de casa

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por gabriel araujo

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

Durante a pandemia, muitas pessoas tiveram que se adaptar para continuar praticando atividades físicas. Mais do que isso, até quem não praticava passou a adotar uma cultura mais saudável, inserindo exercícios em sua rotina diária. 

Quem começou a trabalhar de casa, encontrou nessa alternativa um prato cheio, pois, afinal, é muito proveitoso e prático ter um local de trabalho, treino e descanso debaixo do mesmo teto. 

Além disso, é público e notório a importância da prática de atividades físicas para a manutenção da saúde. Os benefícios são inúmeros, contudo, é importante saber quais exercícios você pode fazer, por isso consulte um médico. 

Pouca gente sabe, mas dependendo dos exercícios feitos, treinar de casa pode ser tão bom, ou até melhor, do que fazer uma academia, por exemplo. Além do mais, a comodidade de ser saudável dentro do seu lar não tem preço. 

Isso porque em uma academia, o seu tempo está restrito ao horário de funcionamento do estabelecimento, já na sua casa, não tem isso. Evidentemente, organizar um horário específico é bom, mas não é necessário dentro do seu lar.

As academias também possuem horário de pico, onde inevitavelmente vocês teriam de revezar equipamentos, o que, certamente, faria seu treino demorar mais do que o previsto. Treinar em casa é aproveitar cada segundo do treino sem interrupções. 

Além do tempo, é importante falar do dinheiro economizado. É claro que existe a possibilidade de você investir em equipamentos para se exercitar, mas existe uma enorme variedade de exercícios em que se utiliza somente o peso do seu corpo, por exemplo.

A pandemia já prejudicou financeiramente muitas pessoas, então, economizar nesse setor pode ser vantajoso na hora de fechar as contas. Entenda que as possibilidades são incontáveis quando você percebe as novas utilidades que seu lar pode ter.

Dessa forma, a prática de atividades físicas em casa se tornou extremamente benéfica em diferentes aspectos. Veja a seguir 5 dicas que vão te tornar um expert nos exercícios em casa: 

  1. Atente-se à nutrição e hidratação 

Em todos os casos da busca por resultados estéticos e por uma saúde de qualidade, a nutrição deve ser prioridade. É importante se alimentar bem para que você consiga extrair o máximo dos seus exercícios em casa, porque afinal, o alimento é nosso combustível.

Tenha uma consulta com um nutricionista para entender as necessidades diárias do seu corpo. Dependendo do caso, ele irá te passar algum tipo de suplementação complementar, podendo até te recomendar um bom distribuidor de produtos químicos.

Uma boa dieta é uma dieta calculada, ou seja, talvez seja importante investir em uma balança para fazer a pesagem de alimentos. Esses equipamentos geralmente não são muito caros e são fáceis de se encontrar. 

A vantagem de se treinar em casa é ter tudo ao seu redor à sua disposição. Se você quiser comer uma fruta na pausa do seu treino, se calculado, é extremamente possível, bem como outros vários tipos de alimentos que complementam sua dieta.

É importante regrar o que comer, portanto, cada coletor de pó adicionado ao seu copo, deve ser contado. Geralmente esses produtos, se usados em excesso, podem causar danos à saúde e influenciar diretamente no seu desempenho no treino.

Entretanto, não pense que só porque estamos falando sobre nutrição que significa que você deve comer só coisas saudáveis. Com a prática de exercícios, você vai perceber que seu organismo possui necessidades diversas e é bom mesclar os nutrientes. 

Você pode sim consumir um pão congelado ou comer aquele docinho que tanto gosta de vez em quando. Com uma boa orientação, é possível que você consiga adaptar e distribuir bem sua dieta dentro de sua rotina de atividades físicas.

Além do mais, saiba que no Brasil existem uma infinidade de marcas que oferecem produtos de altíssima qualidade, tanto que é muito forte na exportação. Opte por produtos nacionais, ainda mais porque impostos agregam muito valor à suplementação.

E sempre que suplementar, que seja sob orientação de um nutricionista. Vale reiterar que cada organismo reage a essas substâncias de forma diferente, por isso a importância do acompanhamento profissional.

Não se esqueça de algo que é extremamente importante nesse período: manter-se hidratado. De preferência, faça do filtro ou purificador de água pequeno o seu melhor amigo, porque, se tem uma coisa que vai te auxiliar nesse seus treinos, é a hidratação. 

A água, além de ser um item primordial para a vida humana, também ajuda na nossa idade celular, que se trata da idade do nosso corpo. Existem jovens de vinte anos que por beberem pouca água, possuem idade corporal de uma pessoa de cinquenta anos.

Bem alimentado e hidratado, a sua saúde, qualidade de vida e bem-estar vão aumentar consideravelmente, pode ter certeza.

  1. Monte um bom treino 

Um erro muito comum entre as pessoas que estão começando a treinar em casa é montar um treino que não condiz com o biotipo e necessidades delas. Coloque seu objetivo em mente e pesquise muito sobre como alcançá-lo. 

Pessoas que querem ganhar massa muscular, não necessariamente precisam ficar horas fazendo treino aeróbico, bem como quem quer perder massa precisa de treinos de alta intensidade para conseguir resultados melhores.

Um bom treino não é aquele genérico que você encontrou na internet, mas sim, o que foi moldado para você. Pesquise as possibilidades de treinos de calistenia, aeróbicos sem equipamentos e afins, sempre testando o que você consegue ou não fazer.

Até porque o perfil de um profissional que trabalhou em uma empresa de inspeção de qualidade, onde tinha um alto fluxo de carga e descarga, é diferente do perfil de um designer que passa horas sentado na frente do seu computador. 

São perfis opostos que devem ter cuidados específicos. Nos exemplos anteriores, o primeiro profissional pretende ganhar massa muscular, mas ele trabalha carregando tanto peso diariamente, que acaba sempre ficando em déficit calórico. 

O segundo exemplo pretende emagrecer, mas seu serviço exige muito pouco da sua fisicalidade. Portanto, é necessário acrescentar atividades físicas de forma gradativa em sua rotina para que ele se adapte e em seguida comece a secar calorias. 

Se for o caso, consulte um profissional que possa te auxiliar quanto às melhores alternativas para montar o treino ideal e até em como executar os exercícios. Se você deve pegar cargas fracionadas, moderadas e afins, tudo isso pode ser indicado por ele.

Monte o treino que se encaixe como uma luva no seu perfil, alinhando seu objetivo com a saúde, acima de tudo. A partir daí, aproveite cada instante e mantenha o foco sempre.

  1. Evite distrações 

Treinar em casa tende a ser uma tarefa complicada. Ainda mais por você estar rodeado de possibilidades de se render às distrações como o celular, televisão, livros ou videogames que sempre ficam mais interessantes do que manter o treino em dia. 

Este precisa ser um momento quase sagrado e de pura disciplina. Utilize um conector industrial e tecnológico para medir seu tempo de treino para que você esteja completamente entregue para a mudança que os resultados vão te proporcionar.

Outro fator que pode te ajudar é desativar as notificações e deixar seu celular disponível para o seu tempo de treino, especialmente para o item a seguir.

  1. Coloque uma boa playlist para se inspirar 

A maioria das pessoas não sabem, mas a música influencia diretamente nas nossas emoções. É possível sentir tristeza, alegria e até mesmo raiva, somente escutando determinada canção. Dessa forma, é possível usar a música em prol do seu desempenho. 

Monte uma playlist no seu aplicativo preferido e coloque músicas que você goste. Mas atente-se ao gêneros, porque alguns remetem à calmaria e ao descanso. E a última coisa que você quer é dormir durante o seu treino.

Abaixo, seguem alguns gêneros agitados que podem te ajudar a dar aquela animada: 

  • Eletrônica;
  • Pop;
  • Hip hop;
  • Rock. 

Porém, não existe uma regra. Escute o que você se sente confortável para escutar, sempre usando como critério algo que de te coloque para cima e que te anime e te deixe feliz na hora do treino. 

  1. Divirta-se

Nada do que foi dito até aqui é válido se você não se sentir bem consigo mesmo. O começo é sempre a parte mais difícil, entretanto, é importante que você encontre prazer em exercitar-se, principalmente se você conseguir manter uma regularidade. 

Treinar em casa é entender o seu lar como uma ferramenta de mudança. Por isso, quando você perceber as mudanças na sua saúde e na sua estética, certamente passará a fazer com gosto cada exercício. 

Faça as adaptações necessárias para que você mantenha-se sempre com muita disposição e saúde. Praticar atividades físicas e tornar isso um hábito é uma certificação de longevidade e, sem sombra de dúvidas, de felicidade. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


Seja o primeiro a comentar!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.