Dicas para verificar os e-mails do seu mailing

Tempo de leitura: 6 min

Escrito por Carlos Meira

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

Infelizmente, inexistem lugares que são totalmente seguros para se trocar mensagens, pois, os avanços tecnológicos permitem a criação de ferramentas capazes de interceptar até mesmo os e-mails que são trocados pelas pessoas. Daí se tem a importância de buscar meios que possam reduzir as chances de ter esses dados acessados, como é o caso da verificação de e-mail, ou seja, verificar e-mail para que seja possível identificar se aquela mensagem contém algum tipo de golpe de uma pessoa mal intencionada e que apenas esteja querendo roubar os seus dados.

E foi justamente pensando em dar mais segurança a sua troca de mensagem que optamos por criar o presente artigo, de modo a trazer algumas dicas a respeito de verificar e-mail, bem como fazer uma checagem se aquilo realmente se trata de uma mensagem idônea e não de um golpe. Portanto, se você quer saber mais sobre as nossas dicas e se proteger de golpes e roubos de dados, nós recomendamos que continue conosco na leitura deste artigo e fique por dentro de tudo que reunimos a respeito do tema, de modo a tirar todas as suas dúvidas a respeito do checador de e-mail.

O que é a verificação de e-mail?

Antes de tudo, devemos entender o que significa verificar e-mail e como isso ocorre. A verificação desse e-mail é um processo em que é verificado a existência de um endereço ativo, ou seja, em termos simples, podemos dizer que, trata-se de um processo em que há uma checagem a respeito daquele endereço de e-mail e se ele realmente é ativo, se envia mensagens para outras pessoas e se mantém atualizado.

Para dizer que um e-mail é considerado válido, isso significa que ele pode tanto enviar quanto receber mensagens de outros e-mails. Cada checador de e-mail, seja ele individual ou em massa, deve necessariamente ser responsável pela execução de diversas etapas de um processo de verificação. Os processos de verificação mais comuns que existem atualmente são: verificar o catch-all, domínio, a sintaxe das frases enviadas, assim como o ping daquele endereço de e-mail.

Por que você deve verificar o seu e-mail?

É importante verificar e-mail por diversos motivos, como, por exemplo, manter atualizada a sua lista de contatos. Todo ano, cerca de 22% de todos os e-mails são considerados inválidos. Em grande parte, o motivo dessa invalidez é pela mudança dos seus detentores para outras empresas, fazendo com que os e-mails corporativos que essas pessoas possuíam se tornem inválidos ou são desativados pela própria empresa. Além disso, se o detentor do e-mail não verificar as suas mensagens com regularidade, em pouco mais de um ano, a taxa que marca a rejeição poderá exceder o limite considerado aceitável em até 10 vezes, fazendo com que seja prejudicada a reputação remetente dos e-mails. Portanto, é indicado que, pelo menos a cada 2 meses, as suas mensagens sejam lidas.

Outro ponto interessante ao verificar e-mail é que ele reduz bastante o hard bounce, ou seja, aqueles e-mails que acabam retornando ao remetente pelo fato do destinatário não existir, ou,  o endereço indicado é inválido. Quando essa taxa de rejeição fica alta, o Google entende que aquele e-mail pode se tratar de spam, e, portanto, esse endereço de e-mail passa a fazer parte da lista negra do Google, diminuindo sua reputação e correndo risco de ter o e-mail invalidado.

Merece destaque também o aumento na capacidade de entregar os e-mails, haja vista que, ao utilizar o checador de e-mail, ele realizará uma filtragem de todos os endereços de e-mail inválidos, e, todos aqueles que sobrarem desse filtro poderão ser usados para enviar os e-mails da sua empresa, o que significa dizer que, todas as suas mensagens chegarão a sua caixa de entrada com segurança.

Por fim, a reputação do remetente também é elevada, haja vista que ela depende de uma variedade de coisas, como, por exemplo, a taxa de rejeição, a capacidade de entrega, os alertas de spams e os hábitos que o remetente possui. Dessa forma, usar com regularidade os serviços de verificação de e-mail na hora de fazer marketing pode ajudá-lo a desempenhar e elevar uma boa reputação, evitando que o remetente caia na lista negra.

Como saber se o e-mail é válido?

Existem diversos meios de saber se um e-mail é válido, entretanto, algumas dessas formas são menos eficazes que outras, bem como existem algumas formas que podem ser mais cômodas, a depender do objetivo dessa verificação, se deseja verificar apenas um e-mail ou se pretende fazer uma verificação em passa. A seguir, falaremos um pouco mais a respeito de como fazer essa verificação:

1. forma: essa forma é a mais simples e direta, porém, não é indicada caso queira verificar uma quantidade maior de e-mails. Bem, quando o remetente envia um e-mail para um destinatário cujo endereço é inválido ou falso, essa mensagem irá retornar para a caixa de entrada do remetente, com a informação de que ela não pode ser entregue pelo fato do endereço indicado não ter sido encontrado.

Embora seja o método mais simples e direto, é interessante ressaltar que ele pode trazer alguns prejuízos ao remetente, como já mencionamos acima, que é o fato do aumento na taxa de rejeição do seu e-mail, algo que prejudica diretamente a sua reputação, fazendo com que todas as suas mensagens sejam direcionadas a caixa de spam, bem como reduzindo as métricas. Por isso é importante sempre usar um e-mail falso para fazer esse teste.

2. forma: a segunda forma de verificação de e-mail é através da sua pesquisa no Google. De início, devemos salientar que, essa forma de verificador de e-mails não irá indicar que se trata de um e-mail falso ou verdadeiro, ela apenas informa se ele é válido. Isso porque, é bastante comum nos dias de hoje, que as pessoas acabem mencionando o seu endereço de e-mail em diversas plataformas da internet, como as redes sociais, por exemplo. Dessa forma, ao fazer essa pesquisa no Google, ele irá achar onde o e-mail foi mencionado.

3. forma: utilize um verificador: utilizar um verificador de e-mails é uma das melhores formas de saber se aquilo é realmente válido e verdadeiro. Isso porque ele utiliza um software de verificação das mensagens que pode ser bastante útil para ajudá-lo na hora da validação esses endereços em poucos cliques. Mesmo que cada um desses verificadores de e-mails sejam um pouco diferente uns dos outros, a depender do recurso e da quantidade de e-mail que se pretende verificar mensalmente, eles podem ser bastante simples de usar e com certeza farão com que a tarefa se torne muito mais cômoda.

Como funciona o verificador de e-mails?

O verificador de e-mails funciona de modo a fazer testes para saber se aquele determinado e-mail é válido. Ele executa todo o processo de verificação a partir de algoritmos criados pelos desenvolvedores. Esses algoritmos passam por diversas etapas, como é o caso da verificação de freemail, autenticação SMTP, verificação de domínio catch-all, verificação de registro mx, verificação de existência de domínio, verificação de jargão e de sintaxe. Cada uma dessas etapas envolvem diferentes tipos de análises por parte do algoritmo para determinar se aquele e-mail é válido, tudo isso por meio de uma inteligência artificial criada pelos desenvolvedores.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


Seja o primeiro a comentar!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.