Cultura Organizacional: x empresas que são referência no assunto!

Tempo de leitura: 4 min

Escrito por Carlos Meira

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

Quando falamos sobre ser autoridade no mercado, há empresas que dão aulas!

O clima organizacional, conceito utilizado para representar os valores, atitudes esperadas e forma de comunicação de uma empresa, geralmente parte do ponto de vista dos funcionários. De forma simplificada, podemos dizer que se trata da forma como os colaboradores percebem e experienciam o ambiente que os cerca.

Como se pode imaginar, é esperado que o clima organizacional da empresa suscite não apenas sentimentos de satisfação e pertencimento, mas bem-estar, tranquilidade e tolerância. Não é desejável, por inúmeras razões, que os funcionários se sintam acuados, desrespeitados ou deslocados.

A primeira razão para isso, claro, está no fato de que o material humano é sempre o mais importante. Pessoas que se sentem invalidadas ou ignoradas no local onde passam boa parte do dia e onde devem produzir, criar e gerar diálogos, tendem a adoecer, passar por sofrimento mental ou desenvolver quadros de estresse.

As companhias devem prezar, antes de tudo, pela saúde física e mental de seus funcionários. Do contrário, independente do quanto são capazes de gerar – financeiramente falando -, elas ainda terão falhado na sua missão.

A segunda razão para buscar a valorização do funcionário está no fato de que isso dialoga diretamente com a autoridade da empresa perante o mercado, além de influenciar na produtividade individual e coletiva. Por razões óbvias, pessoas felizes têm mais potencial de realização e dão mais vazão à sua criatividade.

Temos, felizmente, empresas que são exemplos quando falamos sobre cultura organizacional. Falaremos sobre 3 delas a seguir!

Cultura Organizacional x empresas que são referência no assunto!
Cultura Organizacional x empresas que são referência no assunto!

Cultura organizacional: 3 empresas para se inspirar

A primeira é a Netflix, essa gigante do streaming. A cultura da empresa é valorizar a autonomia do funcionário, que é visto como uma pessoa capaz de tomar as suas próprias decisões e assumir as suas responsabilidades de maneira madura e inteligente.

Isso acontece por meio de algumas atitudes específicas. A primeira é que o funcionário não recebe “o caminho das pedras”, mas é instruído sobre metas, tarefas e a necessidade de executar funções. A partir daí, ele é livre para criar dentro da sua especialidade.

Isso não significa que as pessoas fazem “aquilo que elas querem”, mas sim que possuem liberdade para tomar decisões e caminhos – desde que se responsabilizem por eles.

A companhia, além disso, faz avaliações de performance frequentes, estimula a troca de feedbacks e investe pesado no oferecimento de benefícios corporativos.

Google

Outra empresa gigante, e não por acaso. Além de oferecer salários competitivos e espaços de trabalho criativos – há relatos de gincanas, eventos, encontros e happy hours divertidos, dados aos funcionários como forma de demonstrar apreço e diminuir o estresse -, a empresa trabalha meticulosamente na sua cultura organizacional.

Os processos seletivos sempre dialogam com as mudanças do mercado. Na prática, isso faz com que as pessoas que entram na empresa estejam alinhadas a novas percepções de mundo, venham de locais diferentes ou tenham backgrounds educacionais distintos.

Não é preciso dizer que tudo isso é responsável pelo aumento da diversidade e dos pontos de vista, o que sem dúvidas colabora para que a empresa encontre soluções criativas para problemas de múltiplas ordens.

A empresa valoriza a transparência no relacionamento com seus colaboradores, oferece feedbacks com frequência e também se preocupa em oferecer benefícios corporativos diferenciados.

Apple

A cultura organizacional da Apple baseia-se na criação e fortalecimento de líderes. Se estudarmos um pouco a história da maçã, perceberemos que o seu fundador, Steve Jobs, tem muito a nos ensinar sobre conduzir uma empresa – mesmo em períodos de adversidade intensa.

Quando apostamos na capacidade de liderança de pessoas qualificadas e damos a elas a chance de provar a que vieram, fazemos uma aposta alta. Se acertamos – e é possível fazer isso por meio de um bom processo de recrutamento e seleção -, os resultados são impressionantes.

Líderes excepcionais conduzem equipes excepcionais. Se alguém não está conseguindo acompanhar, eles se aproximam, auxiliam e ajudam o indivíduo em questão a crescer. É assim que a empresa vai adiante.

A confiança, assim como a preocupação com o outro, também são pilares da Apple, que se esforça para criar um ambiente onde as vozes sejam ouvidas e os profissionais, sempre de alto calibre, tenham possibilidade de dialogar uns com os outros.

Por fim, como não poderia deixar de ser, a Apple também oferece vantagens corporativas significativas aos seus funcionários. Como podemos ver, é uma via de mão dupla: quem cuida do colaborador recebe dele tudo o que precisa e gostaria.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


1 Comentário

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.