Bruxismo e seu impacto na qualidade de vida

Tempo de leitura: 4 min

Escrito por Carlos Meira

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

O bruxismo é uma condição parafuncional (que não possui finalidade natural específica) e consiste no hábito de tencionar os dentes, de forma inconsciente, durante as situações de alto estresse e durante o sono.

Existem dois tipos de bruxismo: o noturno e o diurno. Quando o paciente desenvolve o bruxismo noturno, ele passa a apertar e ranger os dentes enquanto dorme. 

Essa é uma ação involuntária e pode acontecer, também, durante o dia – recebendo o nome de briquismo.

Já o bruxismo diurno, é o nome dado à condição que faz com que o paciente pressione as arcadas dentárias em uma mordida rígida, enquanto se está acordado. Esta situação tem a mesma natureza intuitiva e muitas vezes nem é percebida por quem o faz.

Estima-se que ao menos 30% da população mundial sofra com essa condição, que pode afetar crianças e adultos de todos os gêneros.

Se não tratado adequadamente, esse costume pode prejudicar severamente a saúde dos dentes e causar grande desconforto para o paciente.

Por isso, o uso de um convenio odontologico para MEI pode ser fundamental para realizar a intervenção profissional necessária.

Principais causas

O bruxismo é classificado, principalmente, como primário ou secundário. Sendo que o bruxismo primário não tem um motivo determinado para o seu surgimento, e o secundário acontece em decorrência de doenças e o uso de medicamentos ou drogas.

No entanto, ainda hoje não se tem certeza de quais são as causas exatas para essa condição. 

Apesar disso, algumas características em comum nos pacientes indicam que ela pode estar relacionada com:

  • Altos níveis de estresse e problemas emocionais;
  • Herança genética;
  • Qualidade do sono;
  • Efeitos colaterais de alguns remédios antidepressivos;
  • Hábitos alimentares.

Impactos na saúde

Justamente por se tratar de uma ação inconsciente, o paciente pode demorar muito tempo até perceber os sintomas. Isso faz com que os danos à saúde no geral e a integridade dental sejam ainda mais severos.

Neste caso, o acompanhamento frequente com um dentista qualificado – que pode ser disponibilizado por um plano odontologico para CNPJ – é essencial para possibilitar a identificação do problema e iniciar o tratamento.

Os principais sintomas do bruxismo incluem:

  • Dores na articulação mandibular ao acordar;
  • Sensação de cansaço nos músculos faciais ao mastigar;
  • Estalos ao abrir a boca;
  • Desenvolvimento de sensibilidade dental;
  • Aparecimento de quebras e trincos nos dentes, sem motivo aparente;
  • Mobilidade dental.

Em casos muito severos, a mobilidade dental pode causar a perda completa do dente e até atrapalhar o desenvolvimento do tratamento ortodôntico. Assim, a utilização dos benefícios de um plano odonto empresarial, para realizar o diagnóstico apropriado é fundamental.

O bruxismo noturno também é responsável por interferir na qualidade do sono, fazendo com que o paciente fique mais sonolento e cansado durante o dia. Isso atrapalha a concentração, a produtividade e a capacidade de aprendizado.

Bruxismo e seu impacto na qualidade de vida

Tratamento

É necessário procurar o dentista sempre que o paciente notar algum desses problemas, ou quando os pais e colegas de quarto perceberem o barulho do ranger dos dentes.

Deste modo, com o uso de um plano dental para MEI, o dentista poderá fazer o exame clínico e o diagnóstico.

O tratamento consiste primeiro na identificação da origem do problema – por meio da análise do histórico médico e nos tipos de remédios utilizados pelo paciente –, em seguida na prevenção dos riscos e, por último, no tratamento dos danos já adquiridos.

Deste modo, o dentista irá confeccionar uma placa estabilizadora que se parece com um aparelho móvel. Esse acessório é encaixado nos dentes para impedir que a arcada superior entre em contato com a inferior, causando o atrito.

Em algumas situações mais severas, o dentista pode precisar remover o aparelho ortodôntico para a realização do tratamento dessa condição, para só quando a situação estiver estabilizada poder retomar os cuidados.

Formas de prevenção

Como a medicina ainda não encontrou uma cura para o bruxismo, é necessário agir para amenizar os efeitos e tentar impedir os hábitos que possam estar sendo gatilhos para essa condição.

Por isso, muitas vezes é recomendado a realização de exercícios fisioterápicos, a prática de atividades que ajudam a diminuir o estresse e promovem o relaxamento, o uso de medicamentos calmantes e até a procura por acompanhamento psicológico.

O paciente pode precisar, com a ajuda de um profissional especialista, trocar os medicamentos ou até realizar a aplicação da toxina botulínica (Botox) nos músculos responsáveis pela mastigação.

Contudo, esse último tratamento ainda está sendo observado para garantir a plena eficácia. Por isso, é preciso conversar com um dentista de confiança – que pode ser acessado por meio do plano odonto PME – para determinar sua aplicabilidade.

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


4 Comentários

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.