7 sinais de que seu pet pode estar com algum problema de saúde

Tempo de leitura: 3 min

Escrito por admin

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

Prestar atenção a estes sintomas faz com que o tratamento comece quanto antes

Qualquer tutor de animal sabe o sofrimento que é vê-los doentes ou com um mal-estar. Essa situação se torna ainda mais agonizante porque não há como saber, exatamente, qual é o problema que o animal está passando. Pode ser um simples mal-estar ou o indício de um problema mais grave.

Nesses casos, perceber sinais que indiquem que algo está errado é fundamental para que o dono possa levá-lo ao veterinário. Inclusive, isso pode fazer toda a diferença para o bem-estar dele, já que, quanto mais cedo for o início ao tratamento. Abaixo, conheça alguns dos sinais mais comuns que indicam que há algo de errado com ele.

Perda de apetite

Um sinal claro de que o seu companheiro não está bem é a perda de apetite. Sobretudo se o animal tem o costume de não deixar a ração sobrando, deve-se estranhar quando ele para de se alimentar no mesmo ritmo ou recusa petiscos. A perda de apetite pode ser sinal de que ele está com febre, assim como pode ser uma manifestação para uma série de doenças.

Diarreia e vômito

Outros sintomas clássicos que indicam alguma doença é o seu pet ter diarreia e vômito. Em alguns casos, pode ser apenas efeito de algum mal-estar passageiro, causado por algo que ele comeu. Porém, quanto mais esse quadro se prolonga, é importante lembrar que ele também fica desidratado.

Também há situações em que isso é um sinal de problemas mais graves, como infecções, intoxicação e até mesmo envenenamento. Por isso, o ideal é procurar um veterinário para checar o estado do animal.

Queda de pelos

Naturalmente, cães e gatos costumam perder pelos, todavia eles são repostos rapidamente. Contudo, se você perceber que houve um aumento na queda deles, pode ficar alerta. Esse pode ser um sintoma relacionado a algum problema endocrinológico, como disfunção hormonal, ou ainda ser o resultado de uma infecção, o que demanda exames médicos.

Mudança dos olhos

Também é possível perceber que há algo de errado por meio de mudanças que os olhos apresentem. Eles estarem esbranquiçados, vermelhos ou com excesso de secreção são indícios de problemas como úlcera na córnea, olho seco, problemas nas pálpebras ou até mesmo de questões mais sérias, como glaucoma e catarata.

Além disso, a secreção nos olhos também pode indicar que ele tem algum problema ligado a parasitas ou a dermatites. Logo, o ideal é levá-lo a um veterinário a fim de que ele faça o diagnóstico correto do quadro do pet e dê início ao tratamento.

Mau hálito

Assim como no caso dos humanos, cães e gatos também têm placa bacteriana na boca, o famoso tártaro. Caso esse tártaro não seja regularmente checado e tratado, ele pode causar consequências, como queda dos dentes, problemas bucais e até mesmo evoluir para quadros mais severos, como infecções e complicações cardíacas.

Nesses casos, o primeiro sintoma de que há algo errado com o pet é o mau hálito. Ele também pode ser o sinal para outras doenças, como distúrbios renais e diabetes. Felizmente, o acúmulo de tártaro pode ser resolvido com um procedimento simples, eliminando o mau hálito e maiores riscos ao seu companheiro.

Xixi em locais inusitados

Normalmente, o animal tem lugares específicos de que ele gosta e nos quais prefere fazer xixi. Nesse contexto, se ele começar a urinar em locais inusitados, fique alerta. Isso pode ser um sinal de problemas diversos, como infecções, diabetes, incontinência urinária ou questões renais. Se perceber isso, procure o veterinário para fazer uma avaliação apropriada dele.

Cansaço e apatia

É normal que muitas pessoas tenham um companheiro que seja ativo e brincalhão, movimentando-se bastante durante o todo o dia. Entretanto, se ele começa a demonstrar que se cansou rapidamente e não tem o mesmo pique de antes, pode ficar alerta: isso pode ser um sinal para doenças sérias, como obesidade e problemas respiratórios e cardíacos.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


Seja o primeiro a comentar!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.