4 dicas fundamentais para prolongar a vida útil do pneu

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por Carlos Meira

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

O pneu é uma parte importante de qualquer automóvel, e os cuidados com ele são fundamentais para manter seu veículo em ordem e pronto para rodar sem nenhum tipo de problema ou surpresa com relação às peças.

Os pneus são os objetos que fazem o carro se mover de fato, e mesmo com toda essa importância, algumas pessoas ainda insistem em não dar atenção para manutenções, como o acoplamento elástico de pinos e avaliações dessa parte do veículo para evitar transtornos no futuro.

Quando você consegue compreender a real importância do pneu e a sua funcionalidade, é mais fácil identificar o quanto você pode se beneficiar de um cuidado maior e uma manutenção preventiva das peças em geral.

Os pneus são o único elemento de um veículo que tem contato direto com o solo, e por conta disso costumam sofrer muito mais desgaste e de forma mais rápida que outras peças.

Entretanto, quando os pneus não são cuidados, isso acaba afetando diversas áreas do carro, como por exemplo:

  • Suspensão;
  • Freios;
  • Tração;
  • Direção.

Até mesmo o consumo de combustível é afetado pela falta de manutenção dos pneus, uma vez que se a peça estiver desgastada, ela exige um esforço maior do veículo e por consequência gasta mais combustível.

Por isso, realizar alguns cuidados periódicos é muito importante para que você ter uma estrutura de qualidade na utilização de seu veículo, independente de qual seja.

Além disso, esse tipo de atenção é muito importante para a sua segurança e até mesmo para baratear seguros de autos.

O primeiro ponto que você precisa ter em mente é de que pelo menos quinzenalmente você deve iniciar os cuidados para evitar problemas maiores no seu veículo. 

Nem sempre será uma manutenção extensa ou cara, mas existem cuidados que precisam ser tomados sempre.

Independente de utilizar o veículo para trajetos curtos ou longos, é importante ter em mente que o pneu é uma peça fundamental para a estrutura do seu veículo.

A maioria dos automóveis possui uma garantia de 5 anos de fábrica, o que é um forte indicativo de qual é o momento para começar a trocar o protetor pneu 1000×20 e outras peças, além de verificar problemas que possam ter sido ocasionados ao longo do tempo.

Porém, quando você cuida e faz manutenções periódicas no veículo, acaba conseguindo ampliar essa vida útil em um bom tempo.

Prolongando a utilização de seus pneus

Não existe nenhum truque mágico ou receita especial para fazer seus pneus durarem mais tempo do que o necessário. 

Entretanto, uma boa manutenção e alguns cuidados específicos podem ser muito importantes para você ter peças de qualidade e evitar acidentes.

Dessa forma, é interessante se atentar às quatro dicas abaixo para utilizar seus pneus de forma efetiva e garantir uma proteção maior para o veículo, utilizando uma bomba de pistão, sempre atento a esta peça tão fundamental no funcionamento do automóvel.

1.    Calibragem de pneus

A calibragem de pneus é uma rotina que deve ser inserida em seu cotidiano. Embora muitos motoristas costumem ignorar essa etapa da proteção do carro, trata-se de um ponto muito importante para garantir um funcionamento mais adequado para seu veículo.

Esse tipo de manutenção pode ser realizado a cada quinze dias, para garantir um máximo de efetividade. Além disso, é importante fazer isso quando as peças estiverem frias para conseguir uma calibragem mais efetiva e verificar a valvula de segurança.

Para identificar se as peças estão frias, elas normalmente ficam neste estado depois de rodar três quilômetros diretos. O processo de calibragem é relativamente simples e rápido.

Hoje, existem bombas digitais que mantêm o padrão que você determina para a calibragem, seguindo o manual do veículo para conseguir uma revisão mais adequada para os seus pneus. O processo também costuma ser gratuito.

Muitos postos de gasolina oferecem o serviço de calibragem como cortesia, o que pode te ajudar a criar o hábito de solicitar a calibragem no momento em que estiver abastecendo.

Assim, você mantém em mente um ritmo de manutenção para realizar esse processo. Um pneu com pouca pressão se desgasta muito mais rápido, diminuindo consideravelmente seu tempo de funcionamento.

Além disso, quando o carro está descalibrado, os pneus exigem mais do motor para conseguir rodar, o que acaba sendo uma forma de desperdiçar combustível.

Não realizar o serviço de calibração acaba acarretando danos a longo prazo, principalmente por uma manutenção gratuita que não dura mais de alguns minutos.

Essa prática ainda consegue melhorar a direção do veículo, tornando-o mais responsivo aos comandos do motorista, o que aumenta consideravelmente a segurança na hora de trabalhar com esse tipo de recurso.

2.    Faça o rodízio dos pneus

Outro ponto importante para manter a qualidade de seus pneus por mais tempo é fazer o rodízio periódico. Esse processo consiste em alterar a posição de seus pneus, alternando entre traseiros e dianteiros, garantindo assim um desgaste mais igualado.

Além disso, é importante que todos os quatro pneus mudem de posição para um resultado mais efetivo. Dessa forma, você consegue reduzir consideravelmente a degradação das peças, tornando o carro mais estável e aderente ao asfalto.

Normalmente, as informações sobre esse tipo de substituição se encontram no manual do veículo, uma vez que é esperado que você faça essa manutenção. Dessa forma, você entende qual será o modelo a se aplicar de revezamento após uma analise de risco.

Enquanto alguns veículos precisam que este processo seja feito em X, trocando cada uma das rodas de lado e de posição, em outros casos basta alternar entre os pneus dianteiros e traseiros.

Diferente da calibragem, que é mais rápida e constante, você não precisa realizar o tempo todo este rodízio. O ideal é que ele seja realizado a cada dez mil quilômetros, mas existe uma recomendação de tempo da montadora.

Em veículos que não rodam tanto e que podem demorar mais tempo para atingir a marca de quilometragem, é interessante que você se atente às recomendações da montadora para deixar o veículo em ordem.

Dessa forma, você gasta muito menos com a manutenção dos pneus, uma vez que eles não precisam ser trocados de maneira tão frequente.

3.    Alinhamento e balanceamento

Esta é uma das manutenções mais importantes para aumentar a vida útil de seus pneus. Normalmente, ao longo do tempo dirigindo você pode começar a sentir algumas trepidações no volante, ou perceber que ele está puxando o carro para um dos lados.

O alinhamento e balanceamento é feito justamente para evitar esse tipo de situação, que pode acabar desgastando irregularmente seus pneus, forçando uma troca antes do tempo previsto que pode ser identificada em um sistema de alarme.

Além disso, o veículo pode se tornar mais difícil de controlar dependendo da intensidade que ele puxa para um dos lados, o que pode gerar uma série de problemas mecânicos no futuro. Para quem utiliza o carro com frequência, isso pode ser negativo.

O serviço costuma ser realizado a cada dez mil quilômetros rodados também, e pode ser feito no mesmo local que o revezamento. Algumas empresas oferecem até mesmo kits promocionais com os três serviços.

Quando você trocar os pneus, é interessante realizar o alinhamento e o balanceamento também, para garantir mais qualidade em suas atividades. Esse tipo de serviço pode ser realizado em qualquer oficina especializada.

A maioria das montadoras possui oficinas que trabalham diretamente com esse tipo de ação, o que é interessante saber, uma vez que eles entendem melhor o seu carro do que uma oficina genérica.

4.    Direção defensiva

A direção defensiva é um método de estar no trânsito que possui uma série de benefícios para o motorista, e está ligada diretamente ao tempo de vida de seus pneus.

A direção defensiva tem como principal objetivo garantir a segurança de todos dentro e fora do veículo. Dentre as ações que você deve evitar neste modo de direção, estão as freadas mais bruscas, acelerar ao fazer curvas ou outras práticas consideradas exageradas.

Dirigir com calma e tranquilidade não só aumenta a vida de seus pneus, pode ser a diferença na segurança e na vida de todos os seus passageiros, e de você próprio.

Considerações finais

Aumentar a durabilidade de seus pneus pode ser uma tarefa simples, que trará resultados muito positivos. 

Para que você trabalhe com efetividade estes recursos em seu veículo, entretanto, é preciso ter alguns cuidados especiais.

O ideal é encontrar uma oficina especializada nesse tipo de ação, ou ainda trabalhar diretamente com a montadora para evitar problemas e lidar com profissionais especializados no seu modelo de veículo, garantindo um conhecimento muito maior.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


4 Comentários

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.